SOURCE: HUGO BOSS AG

July 31, 2008 13:48 ET

HUGO BOSS na primeira metade do ano fiscal de 2008

METZINGEN, ALEMANHA--(Marketwire - July 31, 2008) -


HUGO BOSS na primeira metade do ano fiscal de 2008:
tendência positiva de vendas e receita operacional antes de casos singulares
demonstra que as vendas do grupo cresceram 8% com base no ajuste de moeda

Nos seis primeiros meses de 2008, o grupo de moda HUGO BOSS continuou com sua tendência de sucesso e mais uma vez viu crescimento nas vendas e na receita operacional depois do ajuste dos casos singulares. As vendas na moeda do relatório subiram 5%, atingindo EUR 831 milhões (H1 2007: EUR 794 milhões), e mais de 8% após o ajuste da moeda.

Na Europa, as vendas ajustadas para a moeda aumentaram 4% nos seis primeiros meses de 2008, sendo que a Alemanha registrou um leve declínio nas vendas (H1 2008: EUR 174 milhões; H1 2007: EUR 177 milhões). Em contraste, as vendas no restante da Europa subiram 4%, atingindo EUR 299 milhões (H1 2007: EUR 382 milhões). Particularmente, as lojas de varejo próprias do grupo continuaram a ser a força motriz do desenvolvimento de vendas na primeira metade de 2008.

A HUGO BOSS registrou novamente aumentos de dois dígitos nas vendas nas regiões de crescimento da América do Norte e da Ásia. No continente americano, o Grupo viu um aumento nas vendas de 14% nas moedas locais nos seis primeiros meses do ano fiscal atual. Apesar das incertezas nos gastos dos consumidores nos EUA, as vendas nos seis primeiros meses de 2008 subiram 17% em moeda local e 2% em Euros em comparação ao período equivalente em 2007 (H1 2008: EUR 106 milhões; H1 2007: EUR 104 milhões).

Nos mercados asiáticos/outras regiões, a HUGO BOSS novamente conquistou aumentos de dois dígitos nas vendas dos dois primeiros trimestres de 2008, com aumento de 33% nas moedas locais. Mais particularmente, o desempenho de vendas na República Popular da China, com crescimento de 46% ajustado para a moeda e 28% na moeda de relatório (H1 2008: EUR 24 milhões; H1 2007: EUR 19 milhões), tiveram um papel importante nessa melhora. Essa tendência destaca a importância da China como mercado de crescimento para o Grupo HUGO BOSS.

Além de sua expansão nos mercados em crescimento, a HUGO BOSS continuou novamente a desenvolver seu potencial em todas as categorias de produto existentes. A HUGO BOSS busca continuamente o desenvolvimento de futuras oportunidades de negócios com novas iniciativas, como o lançamento da BOSS Kidswear e a expansão dos negócios de realeza pela inclusão de coleções de jóias. Os negócios da realeza continuaram sua tendência extremamente bem-sucedida nos seis primeiros meses de 2008, com um aumento geral de 10%, atingindo EUR 21 milhões (H1 2007: EUR 19 milhões).

O EBIT do Grupo, de EUR 88 milhões após a primeira metade de 2008, diminuiu 5% em comparação ao mesmo período do ano passado (H1 2007: EUR 93 milhões). No entanto, depois dos ajustes para levar em conta os casos especiais que surgiram das alterações no Conselho Supervisor no primeiro trimestre de 2008, os resultados operacionais revelaram uma clara tendência positiva, com aumento de 9%.

A HUGO BOSS reafirmou sua antiga previsão para 2008 como um todo. O Conselho Supervisor prevê crescimento das vendas após os ajustes na moeda de 6% a 8%, sendo que se espera que o EBIT aumente 8% a 10% antes dos ajustes dos casos especiais.

Outras informações sobre a HUGO BOSS, bem como o relatório financeiro parcial completo de janeiro a junho de 2008, podem ser encontrados no nosso site, no endereço www.group.hugoboss.com.

HUGO BOSS, 31 de julho de 2008: http://hugin.info/131370/R/1239388/265422.pdf

Contact Information



  • Se você tiver alguma dúvida, por favor entre em contato:

    Philipp Wolff
    Diretor de Comunicação
    Telefone: +49 7123 94-2375
    Fax: +49 7123 94-2051


    Nicole Besemer
    Diretor de Relações com Investidores e Tesouraria
    Telefone: +49 7123 94-2478
    Fax: +49 7123 94-82478