SOURCE: HUGO BOSS

November 06, 2007 12:23 ET

HUGO BOSS no 3º Trimestre de 2007

METZINGEN, GERMANY--(Marketwire - November 6, 2007) -


"press release"

HUGO BOSS nos primeiros nove meses de 2007:

-- Vendas com correção monetária cresceram 12%, 9% em euros

-- Receita líquida cresceu 16%

-- BOSS Womenswear, divisão de varejo própria, calçados e acessórios em couro continuam gerando crescimento

Metzingen, 6 de novembro de 2007. Nos primeiros nove meses do ano fiscal atual, o grupo de moda HUGO BOSS aumentou suas vendas em 9% (correção monetária: 12%) e alcançou 1.328 milhões de euros em relação ao período do ano anterior (entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 1.216 milhões de euros).

A BOSS Womenswear deu uma contribuição especialmente importante para o aumento nas vendas com um crescimento de 32% (entre o 1º e o 3º trimestres de 2007: 166 milhões de euros, entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 127 milhões de euros). Além disso, a divisão de varejo própria do Grupo continuou se desenvolvendo de maneira muito dinâmica, com um aumento de 26% nas vendas (entre o 1º e o 3º trimestres de 2007: 165 milhões de euros, entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 131 milhões de euros). As coleções de calçados e acessórios em couro também apresentaram um ótimo desempenho, contabilizando 17% (entre o 1º e o 3º trimestres de 2007: 147 milhões de euros, entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 126 milhões de euros).

Na Europa, as vendas do Grupo HUGO BOSS alcançaram 10% nos três primeiros trimestres de 2007, de 863 para 945 milhões de euros. O crescimento na Alemanha continuou apresentando uma taxa sólida de 4% (entre o 1º e o 3º trimestres de 2007: 288 milhões de euros, entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 278 milhões de euros).

As vendas nos Estados Unidos apresentaram uma tendência extremamente favorável nos nove primeiros meses de 2007, atingindo 11% (correção monetária: 20%) até 161 milhões de euros (entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 146 milhões de euros).

Na Ásia e nas demais regiões, as vendas cresceram 6% em moeda do Grupo nos três primeiros trimestres do ano de 2007 (correção monetária: 12%), de 119 milhões para 126 milhões de euros. O crescimento foi principalmente em decorrência do aumento significativo das vendas na China (até 22%, correção monetária: 33%; entre o 1º e o 3º trimestres de 2007: 34 milhões de euros, entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 28 milhões de euros).

A divisão de royalties apresentou um desempenho bastante favorável nos últimos três trimestres, com um aumento de 13% nas vendas em relação ao período do ano anterior alcançando um total de 32 milhões de euros (entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 28 milhões de euros). O aumento foi motivado pelo lançamento bem-sucedido das novas coleções de óculos e relógios e pela expansão contínua da divisão de fragrâncias com as duas fragrâncias "HUGO XX" feminina e "HUGO XY" masculina.

Nos nove primeiros meses de 2007, o EBIT (ganhos anteriores à aplicação dos impostos) cresceu 16% atingindo 218 milhões de euros anualmente (entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 188 milhões de euros). No mesmo período, o EBIT cresceu 14% em relação ao mesmo período do ano anterior, atingindo 212 milhões de euros (entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 186 milhões de euros). A receita líquida alcançou 16%, 153 milhões de euros (entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 133 milhões de euros).

O fluxo de caixa cresceu 24% nos três primeiros trimestres de 2007, de 173 a 215 milhões de euros. O fluxo de caixa livre antes dos dividendos esteve abaixo do mesmo período no ano passado, 11 milhões de euros (entre o 1º e o 3º trimestres de 2006: 21 milhões de euros).

"A implementação consistente do nosso planejamento estratégico fez de nós um dos grupos de moda e estilo de vida internacionais de maior sucesso em anos anteriores. No segmento competitivo do mercado da moda, somos eficientes e temos os olhos voltados para o futuro, e encerraremos o ano fiscal de 2007 com desempenho recorde". comenta o Dr. Bruno Sälzer, Presidente do Quadro de Administradores da HUGO BOSS AG.

Em relação a todo o ano de 2007, o Quadro de Administradores da HUGO BOSS AG prevê um aumento entre 10 e 12% para as vendas com correção monetária e entre 12 e 15% referente a ganhos anteriores à aplicação dos impostos. O Quadro Administrativo também está projetando um crescimento nas vendas e nos ganhos para 2008.

O relatório trimestral na íntegra e informações adicionais sobre a HUGO BOSS AG estão disponíveis em nosso site www.group.hugoboss.com.

HUGO BOSS no 3º Trimestre de 2007: http://hugin.info/131370/R/1166095/228224.pdf

Contact Information



  • Em caso de dúvida, entre em contato com:

    Philipp Wolff
    Diretor de Comunicação
    Telefone: +49 (0) 7123 94-2375
    Fax: +49 (0) 7123 94-2051

    Christoph Löhrke
    Diretor de Relações com Investidores
    Telefone: +49 (0) 7123 94-2552
    Fax: +49 (0) 7123 94-2035