SOURCE: American Management Association

May 10, 2006 20:00 ET

Alim da Estratigia, Lmderes do Amanhc Devem Fazer Tudo Isso: Desenvolver Talentos, Fomentar a Inovagco, Modelar os Valores da Empresa -- Mostra Nova Pesquisa Mundial

American Management Association e Human Resource Institute Fornecem uma Visão Aprofundada do Futuro da Liderança

NOVA YORK, NY -- (MARKET WIRE) -- May 10, 2006 -- Os principais líderes do amanhã não apenas estabelecerão a visão e a estratégia corporativas como também assegurarão a sua execução. Também se espera que eles desenvolvam talentos, fomentem a inovação e modelem os valores de suas empresas. Isso de acordo com uma nova pesquisa mundial encomendada pela American Management Association (AMA) e realizada pelo Human Resource Institute (HRI). Essencialmente, os líderes do amanhã deverão fazer tudo isso.

A pesquisa AMA/HRI sobre a "Liderança no Futuro" apresentou respostas de 1.573 gerentes e especialistas em RH de todo o mundo. Descobriu-se que a principal razão das alterações que terão impacto sobre a liderança é o aumento da concorrência mundial, seguido da necessidade de se concentrar nos clientes, o que assegura uma eficiência operacional e, por fim, a adaptação à velocidade das mudanças.

"Na América corporativa atual, os líderes estão trabalhando em um período de grandes expectativas e de elevação nas avaliações", disse Edward T. Reilly, presidente e CEO da AMA. "Muitos executivos estão preocupados com o futuro e como deverão ser as competências de uma liderança. Essa pesquisa inédita identifica as habilidades essenciais, ferramentas e abordagens necessárias tanto atualmente quanto no futuro, à medida que as empresas preparam os funcionários para ocuparem cargos de liderança em todos os seus níveis", acrescentou Reilly.

Competências de uma Liderança

De acordo com a pesquisa, as duas competências de uma liderança mais bem classificadas, tanto hoje em dia quanto daqui a 10 anos, são o desenvolvimento estratégico e as habilidades em comunicação. Ou seja, os líderes devem pensar em como lidar com a concorrência mundial e comunicar, comunicar e comunicar. A capacidade de executar estratégias exige tanto flexibilidade quanto abertura a mudanças.

As competências de uma liderança mais bem classificadas na seqüência estão relacionadas ao desenvolvimento e ao recrutamento de talentos e ao fomento da criatividade e da inovação. Na verdade, a mudança mais significativa, passados 10 anos, é o fato de que o fomento da inovação se torna uma competência ainda mais importante do que os problemas relacionados ao talento. Os pesquisados acham que a inovação será uma chave absoluta na manutenção da competitividade em um mercado global, marcado por mudanças muito rápidas.

Ainda há outras duas competências de uma liderança: conhecer suficientemente bem o negócio para obter os resultados e modelar os valores da organização. Isso quer dizer que os líderes devem ser capazes de equilibrar esses problemas centrais enquanto modela os ideais -- inclusive a ética -- da empresa. Além disso, a capacidade de modelar os valores e mostrar uma liderança ética se tornará ainda mais importante nos próximos 10 anos, enquanto a necessidade de conhecer o negócio se tornará menos importante.

Além de serem excelentes estrategistas e comunicadores -- os líderes do amanhã devem ser fomentadores da criatividade, especialistas em desenvolvimento e recrutadores de talentos, protetores dos valores corporativos e orientadores dos resultados comerciais. Para resumir, eles deverão ser pessoas bem acompanhadas caracterizadas por uma eficiente mescla entre habilidades de lideranças ativas ou não, além de saberem apenas como e quando deixar uma função em busca de outra.

A pesquisa AMA/HRI foi realizada em conjunto com as afiliadas e os parceiros mundiais da AMA, inclusive o Canadian Management Centre em Toronto, o Management Center de Mexico na Cidade do México, o Management Centre Europe na Bélgica e a AMA Asia no Japão.

Sobre a AMA

A American Management Association é a principal organização de desenvolvimento profissional e ensino em administração do mundo. Desde 1923, ela já forneceu programas práticos orientados à ação para profissionais de negócios em todos os estágios de suas carreiras. Mais de 500.000 clientes e membros da AMA aprendem, todos os anos, novas habilidades e comportamentos, ganham mais confiança, progridem em suas carreiras e contribuem para com o sucesso de suas organizações por meio de vários seminários da AMA, conferências e fóruns executivos, bem como por meio de livros e publicações da AMA, pesquisas, ensino on-line e cursos individuais. Para obter mais informações, visite www.amanet.org.

Contact Information