SOURCE: Bombardier Aerospace

Bombardier Aerospace

July 13, 2014 23:08 ET

Bombardier Aerospace divulga previsão anual para os mercados de Aeronaves Executivas e Aeronaves Comerciais

- Entrega de 22.000 jatos executivos entre 2014-2033, valor de $617 bilhões

- Entrega de 13.100 unidades para o mercado de aeronaves comerciais de 20 a 149 assentos, valor de $658 bilhões

MONTREAL, QUEBEC--(Marketwired - Jul 13, 2014) - A Bombardier divulgou hoje sua previsão anual para 20 anos para os mercados de aeronaves executivas e comerciais.

Embora a economia mundial esteja crescendo a uma taxa mais lenta do que o esperado, os sinais de melhora nos segmentos de aeronaves executivas e comerciais já começaram a surgir. Indicadores de negócios estão apontando para uma recuperação gradual da indústria. Novas encomendas de aeronaves são suportadas pela contínua demanda dos mercados estabelecidos - como a América do Norte e Europa - e pelo potencial de crescimento nos mercados emergentes, que deve desempenhar um papel cada vez maior no mercado mundial da aviação. A China deverá ser a segunda maior região em termos de entregas de aeronaves comerciais no segmento de 20 a 149 assentos, e o terceiro para aeronaves executivas nos próximos 20 anos. Além disso, como a preocupação com o meio-ambiente continua a ser cada vez mais importante e os altos preços dos combustíveis pressionando cada vez mais os lucros, os operadores das duas indústrias continuarão focados na busca de soluções mais eficientes e sustentáveis.

"Nós da Bombardier temos uma longa e orgulhosa tradição de ampliar os limites da tecnologia e de desenvolver a próxima geração de aeronaves que atendam melhor as necessidades dos nossos clientes - tanto hoje como amanhã", disse Michael McAdoo, Vice-Presidente de Estratégia e Desenvolvimento Internacional, Bombardier Aerospace. "Por isso, a Bombardier Aerospace com seus novos programas para as categorias executiva e comercial está bem posicionada para fortalecer sua posição de liderança nos seus mercados atuais".

Previsão para o Mercado de Aeronaves Executivas

A Bombardier está confiante no forte potencial a longo prazo da indústria de aeronaves executivas e prevê um total de 22.000 entregas de jatos executivos entre 2014-2033 nos segmentos em que a Bombardier concorre (i) representando cerca de $617 bilhões de dólares (ii) em receitas da indústria. A Previsão da Bombardier para o Mercado de Aeronaves Executivas é de 9.200 entregas de aeronaves, no valor de $264 bilhões de dólares entre 2014 e 2023, e 12.800 aeronaves, no valor de $353 bilhões de dólares, entre 2024-2033.

O mercado de aviação executiva continua a mostrar sinais promissores de recuperação. Embora os indicadores macroeconômicos atuais ofereçam sinais mistos, a tendência geral para a economia mundial é de estável para positiva. Em 2014, o PIB mundial deverá crescer 2,9 por cento, com maior crescimento esperado a partir de 2015. Os pedidos da indústria tiveram um aumento incremental em 2013 sobre 2012, permitindo que a indústria registrasse uma proporção de pedido-cobrança de 1:1 no segundo ano consecutivo. As entregas da indústria devem aumentar ligeiramente em 2014 sobre 2013 com base na orientação de entrega dos fabricantes e dos novos programas de aeronaves.

As encomendas de aeronaves executivas devem permanecer desafiadoras em 2014 em toda a indústria, devendo melhorar a partir de 2015. Prevê-se também que, com a demanda por jatos executivos mudando para os mercados emergentes, a frota de aeronaves de grande e médio porte aumentará, com a categoria de aeronaves grandes apresentando o crescimento mais rápido.

Ao longo do período de previsão, a Bombardier espera que a América do Norte receba o maior número de novas entregas de jatos executivos entre 2014 e 2033, seguida da Europa, que continua a ser o segundo maior mercado. A China deve se tornar a terceira maior região em termos de entregas ao longo dos próximos 20 anos, com 950 entregas entre 2014-2023, e 1.275 entregas entre 2024-2033.

Bombardier prevê que - semelhante à aviação comercial - futuros desafios enfrentados pelo setor de aviação executiva incluem o aumento dos preços dos combustíveis e aumento da preocupação com o meio-ambiente. Para enfrentar estes desafios, a Bombardier continua a investir em soluções de transporte inovadoras mais eficientes, através dos seus programas de desenvolvimento de aeronaves Global 7000, Global 8000 e Learjet 85.

Previsão para o Mercado de Aeronaves Comerciais

O mercado de aviação comercial é rentável e está em expansão, e a indústria continua a evoluir para o crescimento gerenciado, altos preços dos combustíveis e aumento da concorrência. Nos próximos 20 anos, a Bombardier prevê demanda de entrega de 13.100 aeronaves no segmento de 20 a 149 assentos, no valor de $ 658 bilhões de dólares (ii).

A Bombardier prevê as seguintes entregas da indústria por segmento:


- 20 a 59 assentos: entrega de 400 aeronaves 
- 60 a 99 assentos: entrega de 5.600 aeronaves 
- 100 a 149 assentos: entrega de 7.100 aeronaves 

No segmento de 20 a 59 assentos, a Bombardier prevê que entregas de novas aeronaves continuarão a ter um ritmo modesto durante o período da previsão pois as aeronaves antigas estão sendo aposentadas e substituídas por tipos maiores. O segmento de 60 a 99 assentos continuará a ser um dos mais dinâmicos da aviação comercial. Prevê-se que a frota neste segmento irá mais do que dobrar de tamanho com as novas entregas iguais de turboélices grandes e jatos regionais grandes. O segmento de aeronaves de 100 a 149 assentos, que não foi o foco de desenvolvimento de aeronaves, pelo menos nas últimas duas décadas, terá uma grande transformação da frota, com a colocação em serviço de novas concepções de aeronaves arrojadas.

A demanda global de viagens aéreas e novas aeronaves continua a se deslocar para os mercados emergentes, onde a demanda de viagens aéreas continua a crescer com o aumento do PIB e uma classe média em expansão. No entanto, como com a indústria de aeronaves executivas, a América do Norte deve liderar o processo de entregas de aeronaves comerciais durante o período da previsão, com a previsão de 3.650 novas aeronaves, seguida pela Grande China com 2.280 aeronaves, Europa, com 1.840, região Ásia-Pacífico com 1400, América Latina com 1.100 aeronaves, Comunidade dos Estados Independentes (CEI), com 830, Índia com 760, África, com 700, e Oriente Médio, com 540.

As aeronaves do segmento de 20 a 149 assentos têm um papel vital a desempenhar no desenvolvimento de novos mercados, conexões sem escala e aumento de frequências; 70 por cento dos mercados de curto e médio curso do mundo atendem entre 50 e 250 passageiros por dia em cada sentido (PDEW) e são melhores servidos pelas aeronaves de 20 a 149 assentos.

Com seus turboélices Q400 NextGen, jatos regionais CRJ NextGen e aeronaves CSeries, a Bombardier criou produtos que atendem à crescente demanda de seus clientes por soluções de transporte sustentáveis que apresentam um impacto ambiental reduzido.

Bombardier

A Bombardier é a única fábrica do mundo de aviões e trens. De olho no futuro bem mais longo, a Bombardier está evoluindo a mobilidade em todo o mundo, atendendo à demanda de transporte mais eficiente, sustentável e aprazível em qualquer lugar. Os nossos veículos, serviços e, além de tudo, os nossos funcionários são a razão pela qual somos uma líder global de transporte.

A sede da Bombardier é em Montreal, Canadá. Nossas ações são comercializadas na Bolsa de Valores de Toronto (BBD) e estamos listados nos índices Dow Jones Sustainability World and North America. No exercício fiscal encerrados em 31 de dezembro de 2013, apresentamos uma receita de $ 18,2 bilhões. Para notícias e informação, visite bombardier.com ou siga-nos no Twitter @Bombardier.

Nota para os Editores

Siga @Bombardier_Aero no Twitter para receber as mais recentes notícias e atualizações da Bombardier Aerospace.

(i) segmentação competitiva da Bombardier inclui a categoria Leve, Média e Grande. Exclui os jatos muito leves e grandes aviões corporativos.

(ii) Valor unitário baseado na lista de preços da revista B&CA 2013 em dólar.

Bombardier, CRJ, CSeries, Global 7000, Global 8000, Learjet 85, NextGen, Q400 e The Evolution of Mobility são marcas comerciais da Bombardier Inc. ou de suas subsidiárias.

DECLARAÇÕES DE PREVISÃO

Este press release contém declarações de previsão que podem envolver, mas não estão limitados a: declarações com relação aos nossos objetivos, orientação, metas, prioridades, o nosso mercado e estratégias, situação financeira, crenças, perspectivas, planos, expectativas, antecipações, estimativas e intenções; perspectivas econômicas e de negócios em geral, as perspectivas e as tendências de uma indústria; crescimento esperado da demanda por produtos e serviços; desenvolvimento de produtos, incluindo o design projetado, características, capacidade ou desempenho; previsão ou programação de colocação em serviço de produtos e serviços, encomendas, entregas, testes, prazos de entrega, certificações e execução de projetos em geral; nossa posição competitiva; bem como o impacto esperado do ambiente legislativo e regulamentar e os processos judiciais dos nossos negócios e operações. As declarações de previsão geralmente podem ser identificadas pelo uso de terminologia antecipativa, tais como "pode", "irá", "espera", "pretende", "antecipa", "planeja", "prevê", "acredita", "continua", "manter" ou "alinhar", a negativa desses termos, variações deles ou terminologia similar. Por sua natureza, as declarações de previsão nos obrigam a fazer suposições e estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos e incertezas importantes, o que pode fazer com que nossos resultados reais em períodos futuros sejam substancialmente diferentes dos resultados previstos. Embora nossas hipóteses sejam consideradas razoáveis e adequadas, com base nas informações disponíveis atualmente, há o risco de que elas não sejam precisas. Para obter informações adicionais no que diz respeito às suposições que embasam as declarações de previsão deste press release, consulte a respectiva Orientação e a seção de declarações de previsão nas seções Overview Aerospace e Transportation da Discussão e Análise ("MD&A") da Gerência no relatório financeiro da Corporação do exercício fiscal encerrado em 31 de dezembro de 2013.

Alguns fatores que podem fazer com que os resultados reais sejam substancialmente diferentes dos resultados das declarações de previsão incluem os riscos associados às condições econômicas gerais, riscos associados ao nosso ambiente de negócios (como os riscos associados com a condição financeira do setor aéreo e os principais operadores ferroviários), riscos operacionais (tais como riscos relacionados ao desenvolvimento de novos produtos e serviços; negociações com parceiros; garantia de desempenho do produto e de baixas perdas com ações; processos regulatórios e legais, o ambiente; dependência de certos clientes e fornecedores, recursos humanos, compromissos com preço fixo e produção e execução do projeto), riscos do financiamento (como os riscos relacionados com a liquidez e o acesso aos mercados de capitais, a exposição ao risco de crédito, determinadas cláusulas restritivas de dívida, o apoio financeiro previsto para o benefício de determinados clientes e dependência do apoio do governo) e dos riscos do mercado (como os riscos relacionados às flutuações da moeda estrangeira, mudança das taxas de juros, diminuição dos valores residuais e os aumentos dos preços das matérias-primas). Para mais detalhes, consulte os riscos e incertezas na seção MD&A do relatório financeiro da Corporação do exercício fiscal encerrado em 31 de dezembro de 2013. Os leitores são advertidos de que a lista anterior de fatores que podem afetar o crescimento, resultados e desempenho futuros não são exaustivos e o leitor não deve se basear exclusivamente nas declarações de previsão. As declarações de previsão são baseadas nas expectativas até a data deste press release e estão sujeitas a alterações após essa data. Exceto quando exigido pelas leis de valores mobiliários aplicáveis, nós negamos expressamente qualquer intenção e não assumimos nenhuma obrigação de atualizar ou revisar quaisquer declarações de previsão, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou de outra forma. As declarações de previsão contidas neste press release são expressamente qualificadas totalmente pelas declarações de aviso anteriores.

AVISO QUANTO ÀS MEDIDAS NÃO-GAAP

Este comunicado de imprensa é baseado nos lucros divulgados de acordo com as Normas Internacionais de Relatório Financeiro (IFRS). Referência aos princípios contábeis geralmente aceitos (GAAP) significa IFRS, salvo indicação em contrário. Ele também é baseado nas medidas financeiras não-GAAP, incluindo EBITDA, EBIT antes de itens especiais, margem EBIT antes de itens especiais, lucro líquido ajustado, lucro ajustado por ação, e fluxo de caixa livre. Estas medidas não-GAAP são diretamente derivadas das demonstrações financeiras consolidadas, mas não têm um significado padronizado prescrito pelo IFRS; portanto, outros que usem estes termos podem calculá-los de forma diferente. A Gerência acredita que o fornecimento de certas medidas de desempenho não-GAAP, além de medidas de IFRS, oferece aos usuários das nossas Demonstrações Financeiras Consolidadas maior compreensão dos nossos resultados e tendências e aumenta a transparência e clareza dos resultados do núcleo da nossa empresa. Consulte a seção de medidas financeiras não-GAAP no MD&A para definições destas métricas. Consulte as seções de medidas financeiras não-GAAP e de Liquidez e Recursos de Capital das seções Aerospace and Transportation do MD&A da Corporação para obter as reconciliações com as medições IFRS mais comparáveis.

Contact Information