SOURCE: Colombian Coffee Growers Federation

Colombian Coffee Growers Federation

June 06, 2013 18:39 ET

Ecomill®, uma nova tecnologia limpadora mais eficiente para o processamento do café, agora disponível para os cafeicultores colombianos

BOGOTA, COLOMBIA--(Marketwired - Jun 6, 2013) - Os cafeicultores colombianos agora têm acesso à uma nova tecnologia de lavagem de café, a mais limpa e mais eficiente já criada.

A Ecomill(R), uma tecnologia desenvolvida pelo Centro Nacional de Investigadores de Café (Cenicafé) que está obtendo uma patente da Federación Nacional de Cafeteros de Colombia (FNC), reduz consideravelmente o consumo de água e de energia, e elimina completamente o refugo de água contaminada durante as etapas de remoção da polpa e de processamento.

A FNC e o Cenicafé estão sempre em busca de tecnologias inovadoras de ponta boas para o meio-ambiente que estejam ao alcance dos cafeicultores colombianos.

"Os três modelos diferentes do Ecomill(R), com capacidade de lavagem de 500, 1.500 e 3.000 kg por hora, permitem a lavagem do café através de um processo de fermentação natural (ou com a aplicação de enzimas pectinolíticas) com o uso de 0,35 a 0,6 litros de água por quilograma (l/kg) café pergaminho seco (cps) produzido", explicou Carlos Oliveros, principal pesquisador de engenharia de café do Cenicafé.

Este nível de consumo de água é ínfimo comparado com a lavagem em tonéis com agitação manual que exige 4,2 litros de água por quilograma de cps. Para a lavagem em tanques maiores com bombas á prova de água (entre 6 e 9 l/kg de cps) e para a lavagem de canais (20 l/kg de cps).

A Ecomill(R) é uma tecnologia até mesmo mais limpa que a já limpa Becolsub(R), que consome entre 0,7 e 1 litro de água por quilograma de cps, e que também foi desenvolvida pelo Cenicafé.

Em termos ambientais, a Ecomill pode ser usada para produzir café suave com 100% de redução da contaminação gerada pelas águas residuais durante o processo de lavagem. Isto também representa um grande avanço em comparação com a Becolsub(R), que já reduz a contaminação em até 90%.

"O refugo contaminado gerado com a Ecomill é facilmente administrado pelos cafeicultores", observou Carlos Armando Uribe, o novo Gerente Técnico da Federação.

"Esta tecnologia, disponível para pequenos, médios e grandes produtores, oferece a vantagem de produzir café de forma sustentável e é uma opção para os cafeicultores que lidam com os regulamentos ambientais", acrescentou Uribe.

A tecnologia de ponta Ecomill pode ser usada para produzir café colombiano padrão tipo exportação, bem como cafés especiais (grão de altíssima qualidade).

Os avanços ambientais da Ecomill(R) em comparação com as tecnologias anteriores são especialmente importantes com o aumento da consciência ambiental global e da demanda de produtos agrícolas sustentáveis, incluindo o café.

"O consumo de café sustentável -- ou café que tenha um relacionamento mais harmonioso com o meio-ambiente -- está aumentando em todo o mundo em cerca de 60% anualmente. A Ecomill ajuda os cafeicultores a ter valor agregado com a produção de café sustentável durante uma etapa tão importante como a do processo de lavagem, reduzindo substancialmente a pegada ecológica do processamento do café", disse Uribe.

Federación Nacional de Cafeteros de Colombia (FNC)
A FNC é uma organização sem fins lucrativos fundada em 1927 que representa mais de 500.000 famílias cafeicultoras. Considerada uma das maiores organizações rurais do mundo, sua missão é melhorar o bem-estar e a qualidade da vida dos cafeicultores colombianos. Com os programas de Sustainability that Matters(R) a FNC desenvolveu uma política de sustentabilidade integral que inclui iniciativas produtivas, sociais e ambientais. Ela também desenvolve pesquisa científica, transferência de tecnologia e processos sociais e industriais em apoio à produção e à comercialização do café colombiano. Para mais informação, acesse: www.federaciondecafeteros.org -- www.cafedecolombia.com

Contact Information