SOURCE: IPSO Alliance

IPSO Alliance

September 30, 2014 10:19 ET

IPSO Alliance publica Smart Objects Guideline - Starter Pack 1.0 (Orientação para Objetos Inteligentes - Pacote Inicial 1.0)

Objetos Inteligentes promovem a interoperabilidade de web entre dispositivos conectados por IP e aplicações Internet of Things (IoT - Internet das Coisas)

COLORADO SPRINGS, CO--(Marketwired - Sep 30, 2014) - A Internet Protocol for Smart Objects (IPSO) Alliance (Aliança de Protocolo de Internet para Objetos Inteligentes) publicou Smart Objects Guideline - Starter Pack 1.0. O Smart Objects Starter Pack (SOSP) 1.0 oferece a base para a interoperabilidade dos dispositivos conectados à IoT através de um modelo de objeto comum aberto. Este design de dados baseado em padrões abertos é essencial para as implementações de grande escala e para o sucesso da IoT e das aplicações Machine to Machine (M2M - Máquina à Máquina).

No seu papel de líder no uso do Internet Protocol (IP - Protocolo de Internet) na IoT, a IPSO trabalha para promover o uso dos padrões abertos e explicar os benefícios de um IP baseado totalmente na IoT. Com esta publicação, a IPSO muda de "Por que usar IP?" para "Como usar IP?". Geoff Mulligan, Chairman da IPSO, explicou: "Este documento é o primeiro de uma série que servirá como guia para os desenvolvedores, projetistas de produtos e qualquer pessoa que tenha que escolher entre os sistemas proprietários fechados e as soluções baseadas em padrões abertos. Esta orientação ajudará os inovadores a usar mais facilmente IP nos Objetos Inteligentes em domínios de novas aplicações e ajudar a facilitar o crescimento na IoT".

A Aliança agora está trabalhando na orientação da arquitetura IoT que irá unir o conhecimento dos membros da IPSO em todas as indústrias, incluindo Energia Inteligente, Cidades Inteligentes, Saúde, Automação Residencial, Controle de Processo, e Automação de Prédios. Estes documentos servirão como orientação para o entendimento de como vários padrões abertos podem ser combinados para a construção de uma pilha de comunicações de IoT e M2M segura, interoperável, ampliável e sustentável.

"Da mesma forma como a pilha LAMP (Linux, Apache, MySQL e PHP) levou o crescimento para a Internet, um design de Arquitetura e Pilha IoT baseado em padrões levará o crescimento, o entendimento e a estabilidade para a IoT", disse Antonio J. Jara, IEEE ComSoc IoT ETC e HOP Ubiquitous CEO.

Para contribuir para o desenvolvimento de orientações técnicos futuros, entre para a IPSO Alliance ainda hoje. Os membros têm acesso exclusivo à usina de ideias da IPSO e são instrumentais para o direcionamento para a IoT. Para mais informação, visite www.ipso-alliance.org/membership.

IPSO Alliance
A IPSO Alliance foi criada em 2008 para promover o uso de IP nos Objetos Inteligentes. O IPSO Smart Object Committee (Comitê IPSO de Objeto Inteligente) foi criado em 2011 para orientar sobre como usar IP e outros padrões para permitir a interoperabilidade dos dispositivos conectados por IP e aplicativos IoT.