SOURCE: Open Mobile Alliance

Open Mobile Alliance

February 29, 2012 09:38 ET

OMA Device Management atinge 1,4 bilhões de implementações

Número recorde antecipa o papel da OMA nas comunicações Machine-to-Machine (M2M)

BARCELONA, SPAIN--(Marketwire - Feb 29, 2012) - A Open Mobile Alliance (OMA), uma entidade de definição de especificações internacionais, confirma a implementação dos seus capacitadores de serviço móvel de gerenciamento de dispositivos (DM) em 1,4 bilhões de celulares e dispositivos conectados em todo o mundo. O marco de um bilhão de implementações foi previsto inicialmente pela firma de análise do setor Ovum que declarou em um relatório em 2010 que o OMA DM chegaria a um bilhão de implementações no final de 2011. Este novo número, confirmado pelas implementações da empresa membro da OMA, é muito mais alto do que a previsão original. Esta conquista é um exemplo do papel dos padrões OMA DM para facilitar e gerenciar de forma eficiente os celulares e dispositivos conectados para a indústria global de celulares.

"Nos últimos dez anos, a OMA aumentou consistentemente a nossa suíte de especificações DM", disse Mark Cataldo, Chairman da OMA e Consultor Sênior da Orange France Telecom. "1,4 bilhões de implementações demonstram claramente que os fabricantes de dispositivos, operadores de rede e provedores de software de gerenciamento de dispositivos reconhecem o valor das especificações OMA DM. O sucesso sem precedentes da OMA nesta área prova a necessidade do gerenciamento de bilhões de dispositivos de forma padronizada, e nos posiciona para os bilhões de dispositivos conectados em rede adicionais do futuro próximo. A OMA já está aumentando a expertise no gerenciamento de dispositivos para o gerenciamento de dispositivos não tradicionais, principalmente na área de comunicação M2M".

A suíte de especificações DM da OMA inclui 21 capacitadores de serviço móvel e mais de 60 objetos de gerenciamento que oferecem métodos simples, confiáveis e de custo eficaz para implementar novos aplicativos e serviços com o menor risco possível. Existem outros 21 objetos de gerenciamento definidos por outras organizações e fóruns de padrões que cooperam com a OMA para evitar a fragmentação e a duplicação do trabalho. Por exemplo, o OMA Diagnostics and Monitoring Management Object é usado fora da OMA pela 3GPP e WiMAX Forum. Outras entidades da indústria ampliaram a OMA DM para o ambiente de IP para uso com sensores remotos e em cenários automotivos. Os capacitadores OMA DM gerenciam facilmente dispositivos convergidos e de multimodo de qualquer rede, inclusive os dispositivos que não têm cartão SIM. Esta extensão é um dos principais benefícios da OMA DM, tornando-a ideal para os cenários de comunicação M2M.

"Atualmente, são mais de 5 bilhões de dispositivos, incluindo telefones, PCs e outros dispositivos conectados a redes móveis e de IP", disse Musa Unmehopa, Chairman da OMA Technical Plenary e Membro Distinto da Equipe Técnica do Software, Services and Solutions Group da Alcatel-Lucent. "Com a indústria prevendo a ativação de 20 a 50 bilhões de dispositivos nos próximos 10 anos, a capacidade de gerenciamento e provisionamento remoto da OMA DM atende os requisitos que dão suporte a esta explosão de novos dispositivos -- inclusive as diversas características de cada um deles. Os padrões devem fazer parte do novo ecossistema de gerenciamento de dispositivos e de M2M. O número marco de 1,4 bilhões da OMA é a prova de que estamos prontos para ajudar a indústria a gerenciar este trabalho gigantesco".

A OMA está desenvolvendo três novos capacitadores de serviço para M2M, com implementações antecipadas em alguns mercados. A OMA Converged Personal Network Service (CPNS) viabiliza que um dispositivo atue como um gateway no gerenciamento de outros dispositivos. A OMA Gateway Management Object (GwMO) viabiliza o gerenciamento dos dispositivos através de um gateway com dispositivos que não estão diretamente conectados à rede. O mais recente Capacitador Lightweight M2M da OMA dará suporte aos dispositivos com capacidade limitada como sensores, bem como os dispositivos de controle remoto sem a computação complexa ou interface de usuário. A mais recente versão da OMA Device Management (DM 1.3) também foi modificada para otimizar o uso da largura de banda da rede, bem como os dos recursos da rede e do dispositivo.

"O papel da OMA na criação das especificações DM dá suporte ao desenvolvimento do mercado para produtos e serviços de gerenciamento de dispositivos em todo o mundo", disse Lori Sylvia, Vice-Presidente Executiva de Marketing da Red Bed Software, uma fornecedora de software DM. "A Red Bend dá grande apoio aos padrões DM, e acredita que uma abordagem padronizada seja a única maneira de gerenciar os bilhões de dispositivos adicionais que entrarão em funcionamento nos próximos anos. Vemos um papel vital para a OMA DM nestes mercados em expansão das comunicações máquina-com-máquina. O atendimento de uma crescente variedade de requisitos das operadoras quanto aos padrões DM e M2M será crucial para o sucesso de cada um que apoia a DM no setor".

"Do gerenciamento dos componentes do software à atualização do firmware, diagnóstico de problemas e oferta de melhoras para o software, a OMA mantém uma vasta agenda de desenvolvimento e tem visto muitos atuantes do setor nos últimos 10 anos", disse Linyi Tian, Chairman da OMA DM Working Group e Engenheiro Sênior da Huawei Technologies. "O nosso conjunto forte e bem sucedido de especificações, bem como os nossos três novos capacitadores, se aplicam facilmente nos serviços de ambientes residenciais, cenários automotivos, monitoramento de saúde e até mesmo tecnologias de grade inteligente. A OMA acredita que irá chegar a dois bilhões de implementações em menos da metade do tempo que demorou para chegar ao primeiro bilhão -- e já estamos a caminho".

Open Mobile Alliance (OMA)
A Open Mobile Alliance (OMA) oferece aplicativos de especificações abertas para a criação de serviços interoperáveis que funcionam em todos os limites geográficos em qualquer rede. Até hoje, a OMA já publicou mais de 100 capacitadores com manutenção constante, revisões e novas versões do seu trabalho. As especificações da OMA dão suporte a bilhões de terminais de redes fixas e celulares novas e existentes em vários tipos de redes móveis. Conduzidas para demanda global de serviços de dados móveis, as empresas associadas da Open Mobile Alliance apoiam a adoção de soluções aprimoradas de informação, comunicação e entretenimento. A Open Mobile Alliance conta com contribuintes de todos os principais elementos da cadeia de valor sem fio e contribui de forma ocasional e eficiente com lançamentos de serviços e aplicativos no mercado.

O nome e o logotipo da Open Mobile Alliance (OMA) são marcas comerciais registradas da Open Mobile Alliance Ltd. Outros nomes de produtos e empresas mencionados neste documento podem ser marcas comerciais ou nome comerciais de seus respectivos proprietários.

Contact Information