SOURCE: Ooyala

June 19, 2013 02:14 ET

Ooyala inaugura Centro de Pesquisa de Vídeo em Cingapura concentrado na Análise e Monetização de Multi-tela

Principal inovadora de vídeos nomeia Keith Budge para Vice-Presidente da Ásia-Pacífico e Japão; Empresa divulga novos dados das tendências de vídeo de multi-tela nos países da Ásia-Pacífico

MOUNTAIN VIEW, CA e SINGAPORE--(Marketwired - Jun 19, 2013) - A Ooyala, principal inovadora de publicação, análise e monetização de vídeo premium, anunciou hoje que pretende abrir um novo centro de pesquisa e desenvolvimento em Cingapura para estabelecer a região como centro de operações na Ásia-Pacífico. A empresa também nomeou Keith Budge, ex-executivo sênior da Oracle, Business Objects, Telstra, e da novíssima big data Greenplum, como Vice-Presidente da Ásia-Pacífico e Japão.

Sob a liderança do Sr. Budge, o centro de pesquisa da Ooyala se concentrará na inovação de mídia e vídeo, análise e monetização. As transmissoras, empresas de mídia e universidades da região estão convidadas a participar da pesquisa que passará a ter o foco na Ásia-Pacífico. Cingapura é o local ideal por sua rede de banda larga nacional, tecnologia avançada de comunicações 4GL e pela disponibilidade de um grupo de talento de pesquisa de big data altamente qualificado.

O centro de pesquisa deve entrar em operação em 2014, com uma equipe de aproximadamente 20 engenheiros de pesquisa, desenvolvedores de produtos e cientistas de dados até o final do ano. A Ooyala já tem uma forte presença na Ásia-Pacífico e Japão, com grandes clientes e parceiros de revendas, incluindo Yahoo! Japão, C.J. Powercast na Coreia, e Telstra, a maior operadora de multi-serviço da Austrália e uma das maiores empresas do país.

O Sr. Fulcher disse: "Em 2016, esperamos ver mais consumo de vídeo através de IP do que através dos sistemas tradicionais de transmissão, cabo ou satélite. Como parte do mundo da tecnologia de ponta, a região da Ásia-Pacífico e o Japão contribuirão substancialmente para este crescimento. Estamos fortalecendo a nossa liderança aqui com o nosso novo centro de pesquisa e com as parcerias com as principais transmissoras, empresas e governos da região. Nosso trabalho conjunto estão levando a experiência da televisão para o futuro".

"Estamos contentes com o plano da Ooyala estabelecer um centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Cingapura, concentrada na inovação e tecnologia de vídeo asiáticas", disse a Sra. Chu Swee Yeok, Presidente e CEO da EDBI, a firma de investimento global e parceira da Ooyala em Cingapura. "Como líder de análise de vídeo de big data, a presença da Ooyala em Cingapura leva a capacidade de ponta e aprofunda a expertise funcional na análise aplicada ao vídeo. A estratégia pan-asiática da Ooyala será bem atendida pelo suporte da EDBI, bem como do governo e das redes comerciais".

A Ooyala também divulgou seu Q1 2013 Global Video Index, que destaca as tendências de consumo de multi-tela na região da Ásia-Pacífico. Jay Fulcher, presidente e CEO da Ooyala, apresentará estas tendências como parte da sua apresentação de abertura: "Big Data and the Evolution of Broadcast" (Big Data e a Evolução da Transmissão) no dia 20 de junho de 2013 na Broadcast Asia em Cingapura.

O resultado do Global Video Index do T1 da Ooyala, inclui:

  • A penetração da visualização de vídeo em tablet e dispositivo móvel em todo o mundo aumentou 19% no T1 de 2013. Isto está de acordo com o crescimento de 100% ano a ano que a Ooyala relatou no seu 2012 Year in Review (Análise do Ano de 2012).
  • O vídeo em tablet e dispositivo móvel agora são responsáveis por mais de 10% de todas as visualizações de vídeo online. Esta é a mais alta porcentagem já relatada até agora pela Ooyala, e mais que o dobro dos 4% da fatia do mercado de dispositivo móvel e tablet no T1 de 2012.
  • A audiência de vídeo em dispositivo móvel e em tablet gastou mais da metade do tempo total da visualização online vendo vídeos de formatos longos* no último trimestre. O T1 de 2013 foi o primeiro trimestre em que o dispositivo móvel (53%) e os tablets (52%) ultrapassaram os PCs (38%) em visualização de vídeo de formato longo.
  • Em Cingapura Hong Kong, Japão e Coreia, os visualizadores assistem vídeo ao vivo 20 vezes mais longos que o vídeo por demanda em todos os tipos de dispositivos. Isto foi quase o dobro do índice global de vídeo ao vivo, comparado com o conteúdo por demanda durante o trimestre.
  • Cingapura lidera a região em visualização ao vivo, com uma sessão média de 52 minutos.
  • Visualizadores de Cingapura, Hong Kong, Japão e Tailândia gastaram mais que um terço do total do tempo de visualização online assistindo vídeos com mais de dez minutos no último trimestre.
  • A visualização de vídeo de formato longo foi responsável por 45% do tempo total gasto assistindo vídeo online na Malásia no último trimestre.

Global Index Report da Ooyala
O Global Video Index Report (Relatório de Índice de Vídeo Global) mediu bilhões de eventos de análise de vídeo todos os dias. A principal tecnologia de análise da indústria da empresa e a arquitetura de big data em tempo real ajuda as empresas de mídia, transmissoras, provedores de serviço e marcas a ganhar mais dinheiro com o vídeo em dispositivo móvel e de multi-tela.

Ooyala
A Ooyala oferece experiência de vídeo personalizada em todas as telas e é líder de gestão, publicação, análise e monetização de vídeo online. O conjunto integrado de tecnologias e serviços da Ooyala oferece para os proprietários de conteúdo a capacidade de ampliar o público com a profunda informação que aumenta a participação do espectador e receita com vídeo.

Empresas que usam a tecnologia Ooyala: Telstra, ESPN, Pac-12 Enterprises, Miramax, Bloomberg, Telegraph Media Group, Telefonica, The North Face, Rolling Stone, Dell, Sephora e Yahoo! Japão. Com sede em Mountain View, Califórnia, a Ooyala tem escritórios na Cidade de Nova York, Londres, Sydney, Tóquio e Guadalajara, México. A empresa trabalha com os principais parceiros de revendas e tecnologia nas Américas, Europa, África, Japão e região da Ásia-Pacífico. Para mais informação, visite www.ooyala.com.

* Vídeo com mais de 10 minutos de duração.

Contact Information