SOURCE: Petrominerales Ltd.

Petrominerales Ltd.

September 22, 2011 16:38 ET

Petrominerales Fornece Atualização Sobre Exploração e Operações

BOGOTÁ, COLÔMBIA--(Marketwire - Sep 22, 2011) - A Petrominerales Ltd. ("Petrominerales" or the "Company") (TSX: PMG)(BVC: PMGC) tem o prazer de fornecer a seguinte atualização sobre exploração e operações.

Bacia Deep Llanos (Corcel, Guatiquia e South Block 31), Colômbia

Como foi divulgado previamente, perfuramos o poço de exploração Babaco-1 no Bloco 31 em uma profundidade total de 14.174 pés. Registros do poço indicam 89 pés de pagamento líquido de petróleo em potencial na formação Lower Sand 1 onde testamos quatro intervalos separados. No intervalo mais baixo, não testamos quantidades comerciais de hidrocarbonetos. Testamos o segundo intervalo usando um aparelho ascensor de nitrogênio com tubos enrolados que recuperou hidrocarboneto de API de sete graus, mas com índices não comerciais. No terceiro intervalo recuperamos principalmente água apesar de que quando retiramos as ferramentas circulares do buraco da perfuração recuperamos traços de óleo. O teste final recuperou água. Agora, vamos realizar testes de injeção de água para acessarmos a possibilidade de perfuração para podermos dispor da água. Depois do poço Babaco-1, demos início às operações de perfuração em 7 de agosto do poço de exploração Caspio-1 no Bloco 31. Esperamos obter resultados deste poço em outubro.

Em 18 de julho iniciamos as operações de perfuração no poço de exploração Socaco-1 no Bloco 31. Atualmente estamos perfurando a mais de 15.400 pés e pretendemos perfurar o poço a uma profundidade de 16.000 pés. Esperamos ter resultados até o final de setembro. Depois do Socaco, pretendemos mover a plataforma para perfurarmos o nosso prospecto de exploração Jamuco-1 no Bloco 31.

A terceira plataforma operando na área está atualmente perfurando o Cobra-2. Esperamos ter resultados deste poço em outubro.

Sopé de Montanhas, Bacia Llanos, Colômbia

Para acelerarmos o nosso programa de perfuração no sopé de montanhas, em agosto usamos uma das três plataformas operando na área de Deep Llanos para perfurar a superfície envolvendo o nosso prospecto de Bromelia, o nosso primeiro local de sopé de montanha do Bloco 25. A plataforma contratada para perfurar os nossos prospectos de sopé de montanhas foi agora mobilizada para o local do poço e está sendo preparada no momento. Esperamos reiniciar as operações de perfuração no início de outubro. O segundo prospecto de exploração no Bloco 25, Canatua-1, deverá iniciar as operações de perfuração no primeiro trimestre de 2012.

Blocos Central Llanos (Casimena, Castor, Casanare Este, Mapache), Colômbia

No nosso Bloco Casimena, começamos a perfurar o nosso prospecto de Zacay em 26 de agosto. O poço alcançou uma profundidade total de 7.934 pés em 8 de setembro. Os registros do poço indicam 6 pés de pagamento líquido de petróleo em potencial na formação de Carbonera e o poço foi coberto como um produtor de petróleo em potencial. Esperamos ter resultados dos testes até meados de outubro. Após Zacay, pretendemos perfurar o nosso prospecto de exploração Pisingo no Bloco Casimena.

Sobre o nosso Bloco de Castor, atualmente estamos no campo adquirindo 133 quilômetros quadrados de novos dados sísmicos em 3D.

Blocos de Petróleo Pesado da Bacia de Llanos (Rio Ariari, Chiguiro Oeste, Chiguiro Este), Colômbia

Estamos realizando um programa de perfuração de exploração de petróleo pesado de vários poços focado principalmente em nosso Bloco Rio Ariari. Durante o mês de agosto, a plataforma de perfuração foi usada para realizar um programa de testes em nosso poço de exploração Calandria-1. Como divulgado previamente, o poço foi perfurado a uma profundidade total de 6.602 pés e os registros do poço indicam 40 pés de pagamento líquido de petróleo na formação de Mirador. Testamos três intervalos no poço e não produziram quantidades comerciais de hidrocarbonetos. Baseados em nossas análises dos resultados dos testes, acreditamos que durante o nosso teste do poço, preferencialmente produzimos água devido à mobilidade relativa da água em comparação com a viscosidade do petróleo API de 7 graus que pudemos observar revestia as ferramentas usadas na perfuração.

Em 3 de setembro, iniciamos um programa de perfuração estratigráfico de vários poços consistindo inicialmente de 34 alvos, 22 explorações e 12 locais de step-out para descobertas existentes. Os locais de step-out ajudarão a definir a extensão lateral de algumas das nossas descobertas existentes, fornecendo, ao mesmo tempo, controle estratigráfico para os nossos dois primeiros poços horizontais. O nosso primeiro poço estratigráfico, o ES-17, iniciou as suas operações em 3 de setembro e irá testar um novo conceito de exploração a nordeste do poço de Asarina-1, que testou petróleo. Avaliação dos principais dados e dos registros indica que estão presentes 38 pés de pagamento líquido de petróleo em potencial.

Depois do Calandria-1, começamos as operações de perfuração no Borugo-T1 em 4 de setembro. Borugo-T1 será um poço vertical igual ao nosso Borugo-1 perfurado anteriormente. A meta deste poço é realizar um teste de buraco aberto de 5 pés superiores do reservatório para minimizar o influxo de água em potencial. Os registros do poço de Borugo-1 indicam 35 pés de pagamento líquido de petróleo em potencial, entretanto, durante os nossos testes de produção apenas recuperamos água.

Em agosto, completamos a aquisição de 369 quilômetros quadrados de dados sísmicos em 3D na metade do oeste do nosso Bloco do Rio Ariari que cobre a área da nossa recente atividade de perfuração. Os dados sísmicos adquiridos estão sendo processados atualmente. Estes dados sísmicos, juntamente com o programa de perfuração estratigráfico, irão delinear a extensão dos nossos sucessos de exploração existentes e ajudarão a definir a nossa próxima fase de perfuração de exploração no Bloco do Rio Ariari.

Orito, Bacia de Putumayo, Colômbia

Em 1 de maio de 2011, mobilizamos uma plataforma de perfuração para o nosso Bloco de Orito e iniciamos um programa de perfuração em sete poços. Até esta data, perfuramos dois poços, o Orito-194 e o Orito-195. O terceiro poço, o Orito-136, está sendo perfurado atualmente. Completamos o poço Orito-194 e esperamos colocá-lo em produção na próxima semana. O Orito-195 está sendo completado no momento.

Pesquisa de campo e autorizações estão em andamento para o programa de aquisição sísmica em 3D de 54 quilômetros quadrados na parte sul do campo de Orito que inclui um programa sísmico em 3D de 8 quilômetros quadrados no nosso Bloco de Las Aguilas adjacente.

Bloco 126, Peru

Avançamos o nosso programa inicial de exploração com três poços no Bloco 126 durante agosto. A construção da nossa principal base de logísticas em Nueva Italia e do nosso primeiro local de poço, o La Colpa 2X, está quase 60 por cento completa. Começamos a mobilizar a plataforma de perfuração de Pucallpa. Devido aos níveis dos rios estarem muito baixos, a mobilização da nossa plataforma irá demorar mais do que o esperado e agora devemos iniciar as operações de perfuração no La Colpa 2X no final de outubro. Recebemos também as autorizações finais para perfurarmos o nosso segundo local de poço planejado, o Sheshea-1.

Atualização da Produção

A média da produção foi de 39.323 barris de petróleo por dia ("bopd") durante o mês de agosto. A produção foi impactada por certos poços não estarem funcionando para consertos, incluindo o Cobra-1 por 12 dias, o Candelilla-5 por 16 dias e o nosso poço Candelilla-3 que voltou a produzir em 8 de agosto com índices mais baixos do que esperávamos.

Depois do reinício das operações logo após os bloqueios anunciados recentemente nos Blocos de Corcel e Guatiquia, recuperamos mais de 95 por cento da nossa produção trancada. Tivemos falha em uma bomba no nosso poço Candelilla-4 que está sendo substituída. Esperamos recuperar o restante da produção durante a próxima semana.

A Petrominerales Ltd. é uma empresa internacional de petróleo e gás atuando na América Latina desde 2002. Hoje, a Petrominerales é a empresa de exploração mais ativa e a quarta maior produtora de petróleo da Colômbia. A nossa base terrestre de alta qualidade e um inventário de vários anos de oportunidades de exploração oferecem potencial de crescimento de longo prazo por muitos anos.

Declarações de Previsão. Certas informações contidas neste comunicado de imprensa constituem declarações de previsão. Este comunicado de imprensa contém mais especificamente, declarações de previsão relacionadas com as futuras atividades de exploração e desenvolvimento da Empresa e rapidez para os poços começarem a produzir. As declarações de previsão são baseadas em certas importantes expectativas e suposições, incluindo as expectativas e suposições relacionadas com a disponibilização de capital, sucesso de futuras atividades de perfuração e desenvolvimento, performance de poços existentes e dos novos, preços das commodities prevalentes e condições econômicas, disponibilidade de mão-de-obra e serviços, capacidade de transportar e comercializar a nossa produção, rapidez para completar os projetos de infraestrutura e transportes, condições climáticas e acesso aos locais de perfuração. Alertamos os leitores que as suposições usadas na preparação de tais informações, apesar de serem consideradas razoáveis no momento em que foram preparadas, podem ser incorretas. Os resultados reais conseguidos durante o período de previsão irão variar das informações fornecidas neste, resultado de inúmeros riscos e incertezas conhecidos e desconhecidos e outros fatores. Você pode encontrar debates sobre estes riscos e incertezas em nossos relatórios arquivados na bolsa de valores canadense. Tais fatores incluem, mas não estão limitados a: condições econômicas, de mercado e empresariais em geral; flutuações dos preços do petróleo; resultados de perfuração de exploração e desenvolvimento, finalizações e atividades relacionadas; rapidez e disponibilização das plataformas; disponibilização de transportes e capacidade de offloading, resultado das negociações dos contratos de exploração; flutuação nas taxas de câmbio internacionais; incerteza das estimativas das reservas; mudanças nos regulamentos ambientais e outros; riscos associados com as operações de petróleo e gás; e outros fatores, sendo que muitos deles estão fora do controle da Empresa. Não há representação pela Petrominerales de que os resultados reais obtidos durante o período de previsão serão os mesmos no seu total ou em parte dos previstos. Exceto pelo que é estipulado pelas leis de valores aplicáveis, a Petrominerales não assume a obrigação de atualizar ou revisar publicamente quaisquer declarações de previsão contidas neste ou não, quer sejam resultantes de novas informações, futuros eventos ou outras circunstâncias.

Contact Information



  • Contatos:
    Petrominerales Ltd.
    Corey C. Ruttan
    Presidente e CEO
    403.750.4400 ou 011.571.629.2701

    Petrominerales Ltd.
    Jack F. Scott
    Diretor de Operações
    403.750.4400 ou 011.571.629.2701

    Petrominerales Ltd.
    Kelly D. Sledz
    Diretor Financeiro
    403.750.4400 ou 011.571.629.2701
    ir@petrominerales.com
    www.petrominerales.com