SOURCE: The Linux Foundation

The Linux Foundation

March 04, 2015 09:00 ET

Relatório de Trabalhos Linux de 2015: Profissionais Linux em Alta Demanda

Aumento das plataformas abertas na nuvem aumentam a necessidade de expertise em Linux. Gerentes de contratação procuram cada vez mais profissionais certificados para cargos superiores

NEW YORK, NY and SAN FRANCISCO, CA--(Marketwired - Mar 4, 2015) - Os recrutadores estão contratando cada vez mais talentos Linux, de acordo com o Relatório de Trabalhos Linux de 2015, que faz uma previsão do mercado de trabalho Linux baseada em uma pesquisa de gerentes de contratação e nos profissionais Linux. Os gerentes de contratação também procuram mais provas de formação e certificação formal para identificar os candidatos qualificados.

O Relatório de Trabalhos Linux de 2015 inclui dados dos gerentes de contratação (1.010) e profissionais Linux, (3.446) e oferece uma visão geral do mercado para carreiras Linux e o que motiva os profissionais nesta indústria.

O objetivo deste relatório é informar o setor sobre as tendências de trabalho Linux mais recentes e como elas afetam a capacidade dos profissionais encontrarem oportunidades de trabalho Linux recompensadoras e para os empregadores conseguirem atrair e manter o talento qualificado . Este é o quarto ano consecutivo da realização do Relatório de Trabalho Linux pela Dice, o principal site de carreira para profissionais de tecnologia e de engenharia, e a The Linux Foundation, a organização sem fins lucrativos dedicada ao suporte do crescimento da Linux e do desenvolvimento colaborador.

"A busca de talentos Linux está acelerando com o software tornando-se onipresente", disse Shravan Goli, Presidente da Dice. "Os gerentes de contratação precisam garantir a oferta do conjunto certo de incentivos para atrair os talentos e os profissionais precisam comprovar o seu conhecimento e habilidades, principalmente nas áreas de demanda crescente, tal como a nuvem."

Principais resultados do relatório:

  • Quase todos os gerentes de contratação recrutarão profissionais Linux nos próximos seis meses. Com os novos sistemas, projetos e produtos baseados em Linux cada vez maiores, a contratação do talento correto em suporte a todo o crescimento continua a ser uma prioridade dentre os empregadores. Noventa e sete por cento dos gerentes de contratação dizem levarão o talento Linux para outras áreas de habilidades nos próximos seis meses.
  • O aumento das plataformas abertas na nuvem está aumentando ainda mais a demanda de profissionais Linux com o expertise certo. Quarenta e dois por cento dos gerentes de contratação dizem que a experiência com OpenStack e CloudStack terá um grande impacto nas decisões de contratação, e 23 por cento dizem que a segurança é uma área de expertise buscada e 19 por cento buscam talento Linux com habilidade em Software-Defined Networking (SDN - Redes Definidas por Software).
  • Profissionais certificados Linux estão particularmente bem posicionados no mercado de trabalho este ano, com 44 por cento dos gerentes de contratação dizendo que muito provavelmente contratarão um candidato com certificação Linux, e 54 por cento esperam que os candidatos tenham certificação ou treinamento formal em SysAdmin.

"A demanda de talento Linux continua grande e passou a ser mais importante que os empregadores confirmem que os candidatos tenham as habilidades que eles precisam", disse Jim Zemlin, diretor executivo da Linux Foundation. "O treinamento formal e as certificações são uma boa forma de identificar o talento qualificado, e com o aumento de pessoas na comunidade Linux torna-se cada vez mais necessário que os profissionais se destaquem na multidão".

O Relatório de Trabalhos Linux 2015 também inclui dados sobre o porquê os empregadores estão querendo talentos Linux agora e quais são os maiores incentivos para os profissionais Linux, dentre outros resultados importantes. Faça o download do relatório completo em: https://www.linuxfoundation.org/publications/linux-foundation/linux-jobs-report-2015

A Metodologia do Relatório de Empregos Linux 2015

Em dezembro de 2014, a Dice e a The Linux Foundation fizeram uma pesquisa com os gerentes de contratação e profissionais Linux sobre as necessidades e as preferências do trabalho Linux . A pesquisa foi feita com gerentes de contratação, small and medium businesses (SMBs - Empresas Pequenas e Médias), organizações governamentais e agências de emprego. Mais de 1.000 pessoas responderam, com 66,9 por cento indicando que suas empresas tinham sede na América do Norte, 13,3 por cento na Europa, 6 por cento na Ásia, 3,8 por cento na América do Sul, 1,9 por cento na África, 2 por cento no México e América Central, 0,2 por cento no Japão, 1,6 por cento no Oriente Médio e menos de 1 por cento na Austrália/Nova Zelândia. Os respondentes teriam que ter contratado pelo menos um profissional Linux no ano passado, ou pretender contratar profissionais Linux em 2015 para participar da pesquisa, e puderam marcar quantas respostas necessárias para cada pergunta. Além disso, mais de 3.400 profissionais Linux responderam a uma pesquisa, com 27 por cento indicando terem trabalhado como profissional Linux há no mínimo 10 anos.

Dice

A tecnologia capacita as empresas. Os profissionais capacitam a tecnologia. A Dice oferece rapidamente oportunidades, informações e conexões para profissionais e empregadores de tecnologia precisam para avançar. Saiba como avançar no www.dice.com.

Linux Foundation
A Linux Foundation é um consórcio sem fins lucrativos dedicado à promoção do crescimento do Linux e o desenvolvimento colaborador de software. Fundada em 2000, a organização patrocina o trabalho do criador do Linux, Linus Torvalds, e promove, protege e avança o sistema operacional Linux e desenvolvimento de software colaborador com a implementação de recursos dos seus membros e da comunidade de fonte aberta. A Linux Foundation proporciona um fórum neutro de colaboração e educação com a hospedagem das conferências Linux, incluindo a LinuxCon, e a geração da pesquisa e conteúdo que avançam o entendimento da Linux e desenvolvimento de software colaborador. Para mais informação, visite www.linuxfoundation.org.

Marcas comerciais: The Linux Foundation, Linux Standard Base, MeeGo, Tizen, e Yocto Project são marcas comerciais da Linux Foundation. Linux é uma marca comercial de Linus Torvalds.

Contact Information