SOURCE: Resource Capital Research (RCR)

December 20, 2006 10:13 ET

Relatório de Pesquisa Sobre Rentabilidade das Empresas Mundiais de Urânio

SYDNEY, AUSTRALIA -- (MARKET WIRE) -- December 20, 2006 -- A Resource Capital Research ("RCR"), uma empresa de pesquisa sobre rentabilidade, divulgou hoje um grande relatório de pesquisa trimestral abordando 25 empresas mundiais de desenvolvimento e exploração de urânio com o foco voltado para Austrália, Canadá, Estados Unidos e Reino Unido. Mais de 150 empresas exploradoras e produtoras júnior e mid cap estão identificadas.

O relatório examina empresas atuantes em zonas de urânio estabelecidas mundialmente, inclusive Austrália, Canadá, Estados Unidos, Argentina, Peru, Mongólia, Zâmbia, Tanzânia e Namíbia. As seguintes empresas norte-americanas negociadas: Buffalo Gold Ltd. (OTCBB: BYBUF) e (TSX-V: BUF.U), Unor Inc. (TSX-V: UNI) e (PINKSHEETS: UNOFF) e CanAlaska Uranium Ltd. são abordadas no relatório.

Para acessar um relatório de resumo abreviado ou para comprar o relatório integral de 88 páginas, visite www.rcresearch.com.au/documents ou ligue para o analista de urânio John Wilson diretamente pelo telefone (2) 9252 9405.


    Destaques em Urânio – Fim do ano de 2006
    ----------------------------------------
  
    Mercado físico:
    
--  O preço à vista do urânio é de 65,50 dólares
    norte-americanos por libra, um aumento de 23% se
    comparado ao preço de 3 meses atrás.
--  A estimativa é de que o preço do urânio atinja 90
    dólares norte-americanos por libra durante 2007, um
    aumento de 37% em relação ao preço à vista atual. Ao
    final de 2008, a previsão é de que os preços
    cheguem a 115 dólares norte-americanos por libra.
--  Há 251 novos reatores de energia nuclear em
    construção, propostos ou já planejados em todo
    o mundo. Atualmente, há 442 reatores de energia
    nuclear em operação em todo o mundo.
--  Novos planos e propostas de reatores de energia
    nuclear anunciados entre os meses de maio e novembro
    de 2006 aumentaram drasticamente. Em termos mundiais,
    foi anunciado um total de 223 reatores, em relação aos
    153 anteriores (70 unidades novas, um aumento de 46%).
--  Os aumentos mais significativos vêm da China com 63
    novos reatores de energia nuclear planejados e propostos
    (em relação aos 24 em maio); a Rússia com 26
    (em relação aos 9 em maio) e os EUA com 23
    (em relação aos 13 em maio).
    

    Empresas de Urânio Negociadas Publicamente:
    
--  A avaliação de mercado da nossa seleção formada por 65 empresas
    australianas júnior de urânio aumentou 7% em relação ao mês anterior,
    53% nos últimos 3 meses e 186% em relação ao ano passado.
--  A avaliação de mercado das 92 empresas canadenses júnior de urânio
    aumentou 19% no mês anterior, 40% em relação aos últimos 3 meses e
    143% em comparação com o ano passado.
--  A rentabilidade em urânio apresentou uma ampla reorganização de suas
    classificações após as notícias de um atraso na nova mina Cigar Lake
    no Canadá com a produção agora improvável até 2010. A produção futura 
    da mina estava estimada em aproximadamente 37% da nova produção de urânio
    prevista anteriormente para antes de 2010.
--  As novas produtoras e as empresas com possibilidade de produção a curto
    prazo têm superado as empresas júnior em termos gerais de produção. O grupo
    (conforme categorizado pela RCR) chega a 299% nos 12 meses em comparação
    com as empresas júnior de urânio em geral, até 160%.
--  Várias empresas júnior de urânio devem anunciar suas decisões
    em termos de desenvolvimento para projetos de urânio em 2007.
    
Atividade da Empresa

Várias empresas júnior continuam evoluindo enormemente na análise e no andamento de projetos de desenvolvimento históricos, algumas empresas se comprometeram com o desenvolvimento de novos projetos, e as decisões sobre o desenvolvimento de outros projetos devem acontecer em 2007. Entre as empresas estão Equinox Minerals (EQN), OmegaCorp (OMC) (sujeita a uma oferta de controle pleno da Denison Mines (DML)), UrAsia Energy (UUU), Ur-Energy (URE) e Paladin (PDN) (Kayelekera).

Os preços das ações das produtoras em curto prazo contam com o desconto sobre o alto preço de "revenda" do urânio, ou seja, mais de 90 dólares norte-americanos por libra U3O8. Esse prêmio e o bom potencial de crescimento orgânico estão impulsionando a atividade da M&A em alguns casos. Exemplos recentes disso são as aquisições feitas pela Denison da IUC (IUC) e da OmegaCorp, além da fase inicial de aquisição feita pela Paladin da Valhalla Uranium (VUL).

As novas produtoras e as empresas com possibilidade de produção a curto prazo têm superado as empresas júnior em termos gerais de produção. As empresas australianas dessa categoria apresentaram 399% nos últimos 12 meses, e as canadenses, 175%. Essa é uma comparação com o aumento médio geral do setor igual a 160% nos últimos 12 meses.

Entre as empresas com projetos em estágios avançados (na maioria, projetos históricos) que poderiam progredir rapidamente em 2007 estão Tournigan Gold Corporation (TVC), Uranex (UNX), PepinNini Minerals (PNN), Berkeley Resources (BKY), Wildhorse Energy (WHE), Energy Metals Limited (EME), Forsys Metals (FSY) e Laramide Resources (LAM).

Entre as empresas que devem dar andamento aos projetos de exploração em 2007, em alguns casos com resultados iniciais bastante promissores, estão Curnamona Energy (CUY), Globe Uranium (GBE), Scimitar Resources (SIM), Unor (UNI), Bayswater Uranium (BAY), Buffalo Gold (BUF), Magnum Uranium (MM), Continental Precious Metals (CZQ), Stellar Resources (SRZ) e West Australian Metals (WME).

"De maneira geral, ainda há um forte interesse do investidor no segmento júnior do mercado de urânio, e temos a certeza de que isso tende a continuar em 2007. A previsão é de as empresas em estágio de desenvolvimento com recursos compatíveis ou aquelas que devem atingir o estágio de desenvolvimento em breve continuem apresentando um desempenho superior em relação ao setor", observou John Wilson, Diretor Administrativo da RCR.

Sobre a Resource Capital Research

A Resource Capital Research ("RCR") (www.rcresearch.com.au), fundada em 2004 tem a sede em Sydney, e fornece relatórios aos investidores sobre oportunidades em investimento no setor de mineração australiano e mundial. O nosso foco está principalmente em pequenas empresas de recursos, que vão desde o estágio de exploração até os de desenvolvimento e produção. John Wilson, analista, diretor e fundador da RCR Research tem nove anos de experiência na análise das empresas de mineração em Sydney e em Wall Street para grandes bancos de investimentos.

O relatório está disponível em www.rcresearch.com.au. O próximo Uranium Sector Review será publicado no Trimestre de Março de 2007.

Clique aqui para obter o gráfico: http://media.marketwire.com/attachments/200612/303269_RCRcharts12-18-06.pdf

Contact Information