SOURCE: IASLC

International Association for the Study of Lung Cancer

December 06, 2016 18:33 ET

Resumo das Apresentações das Pesquisas na IASLC 17a Conferência Mundial sobre Câncer de Pulmão de terça-feira, dia 6 de dezembro de 2016

VIENNA, AUSTRIA--(Marketwired - 6 de dezembro de 2016) - A coletiva com a mídia de hoje na IASLC 17a Conferência Mundial sobre o Câncer de Pulmão (World Conference on Lung Cancer - WCLC) concentrou-se na prevenção ativa, com os pesquisadores compartilhando os resultados dos testes clínicos com medicamentos que demonstraram a redução do risco da progressão da doença nos pacientes com câncer de pulmão. Abstratos e versões completas dos releases de cada tópico estão disponíveis, inclusive o artigo completo sobre o Teste AURA3 publicado hoje no New England Journal of Medicine. Contate Chris Martin, representante de mídia da IASLC no cmartin@davidjamesgroup.com para mais informação.

Visite http://wclc2016.iaslc.org/live-stream/ para acessar a gravação da coletiva com a mídia.

O resultado do teste AURA3 indica que o osimertinib reduz o risco da progressão da doença em 70 por cento nos pacientes com câncer de pulmão em células não pequenas.

Os pacientes inscritos no teste AURA3 que receberam o osimertinib apresentaram uma redução de 70 por cento na progressão da doença, comparado com os pacientes inscritos em um grupo de controle que recebeu somente quimioterapia. O resultado da pesquisa foi apresentado na IASLC 17a WCLC pelo Dr. Vassiliki Papadimitrakopoulou, de MD Anderson Cancer Center de Houston, e publicados no New England Journal of Medicine. Para ler o release completo, clique aqui.

Pesquisadores chineses demonstraram que o icotinib cria uma sobrevivência sem progressão melhor com menos efeitos colaterais do que a radiação total do cérebro de pacientes com câncer de pulmão de célula não pequena que apresentaram metástase no cérebro.

Os pacientes cujo câncer de pulmão se espalha para o cérebro normalmente têm menos de seis meses de vida, mas a pesquisa apresentada hoje sugere que o uso do icotinib aumenta a longevidade nestes pacientes, comparado com a combinação da radiação total do cérebro e a quimioterapia. A pesquisa foi apresentada por Yi-long Wu, Guangdong Lung Cancer Institute, Guangdong General Hospital & Guangdong Academy of Medical Sciences, China. Para o release completo, clique aqui.

O resultado do teste ASCEND-4 mostra que os pacientes que receberam o ceritinib de primeira linha tiveram uma redução de risco de 45 por cento na progressão da doença, comparado com a quimioterapia.

Os pacientes que receberam ceritinib de primeira linha tiveram uma redução de risco de 45 por cento no câncer de pulmão avançado (ALK+) e de célula não pequena, comparado com um grupo de controle que recebeu quimioterapia, de acordo com a pesquisa apresentada pelo Dr. Gilberto de Castro Jr. do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, Brasil. Para o release completo, clique aqui.

Novo manual de estágios do câncer de pulmão dá forma ao tratamento clínico do câncer de pulmão.

Uma classificação de tumor, baseada em mais de 70.000 pacientes de câncer de pulmão de célula não pequena e 6.100 pacientes de câncer de pulmão de célula pequena, está disponível para especialistas de câncer de pulmão em todo o mundo na 8th Edition of the Tumor, Node, and Metastasis (TNM) Classification (Oitava Classificação de Tumor, Nódulos e Metástase). A nova edição é publicada pela Union for International Cancer Control, American Joint Committee on Cancer, e International Association for the Study of Lung Cancer (IASLC) nos seus respectivos manuais de estágios. De acordo com o Dr. Ramon Rami-Porta do Hospital Universitari Mutua Terrrassa, Terrassa, Espanha, a nova edição tem por objetivo melhorar a classificação da extensão anatômica do câncer de pulmão. Para ler mais sobre o Manual dos Estágios (Staging Manual), clique aqui.

Em 1998, a IASLC criou o Projeto de Estágios de Câncer de Pulmão (Lung Cancer Staging Project), um esforço para coletar um banco de dados internacional significante dos casos de câncer de pulmão e suas classificações internacionais. A IASLC coletou e publicou uma vasta quantidade de dados com relação ao tamanho dos tumores, envolvimento dos linfonodos e status da metástase e enviou os dados para a Union for International Cancer Control (UICC) e para a American Joint Committee on Cancer (AJCC) para avaliação. Antes do Projeto de Estágio da IASLC, os dados coletados quanto aos estágios do câncer de pulmão tinham origem em um pequeno grupo de pacientes, quase todos exclusivamente localizados nos EUA.

WCLC:

A WCLC é a maior conferência do mundo dedicada ao câncer de pulmão e outras doenças malignas do tórax pois atrai 6.000 pesquisadores, médicos e especialistas de mais de 100 países. O objetivo da conferência é aumentar o conhecimento, a colaboração e o entendimento do câncer de pulmão, e para ajudar os participantes a implementar os mais recentes desenvolvimentos em todo o mundo. Com o tema "Juntos contra o Câncer de Pulmão", a conferência abrangerá uma ampla variedade de disciplinas e apresentará resultados de vários estudos de pesquisa e testes clínicos. Para mais informação, visite http://wclc2016.iaslc.org/.

IASLC:

A International Association for the Study of Lung Cancer (IASLC) é a única organização global dedicada ao estudo do câncer de pulmão. Fundada em 1974, a associação conta com mais de 5.000 especialistas em mais de 100 países. Visite www.iaslc.org para mais informação.

Imagem Disponível: http://www.marketwire.com/library/MwGo/2016/12/6/11G124324/Images/Vassi_pic-c6f0f2af20e7b94386646baac7c884d9.JPG

Vídeo Incorporado Disponível: https://www.youtube.com/watch?v=wge7yA3n_1g

Contact Information