SOURCE: PFC Energy

PFC Energy

January 24, 2011 14:00 ET

Top 50 das principais empresas de energia pela PFC Energy: ExxonMobil retoma posição da PetroChina, Petrobras passa para número 3

WASHINGTON, DC--(Marketwire - January 24, 2011) - A ExxonMobil, com uma capitalização de mercado de $368,7 bilhões, retomou sua posição de líder que ocupou quase todos os anos na lista PFC Energy 50. No ano passado a líder PetroChina fechou o ano 18% atrás da ExxonMobil, após uma queda de 14% do seu valor de mercado. Petrobras passou para número 3 este ano, com um valor de $228,9 bilhões. Petrobras veio $13,5 bilhões e vigésimo-sétimo lugar da lista PFC Energy 50 em 1999 -- uma impressionante taxa de crescimento anual composta de 27%.

"Nos últimos anos, o valor combinado da PFC Energy 50 tem flutuado em virtude das tendências macro", disse J. Robinson West, Chairman e CEO da PFC Energy. "Este ano, um valor total virtualmente inalterado escondeu uma vasta gama de resultados de empresas individuais. Em um ano de alta para o mercado, 13 das 50 empresas perderam valor. Em um extremo, a Concho concentrada na América do Norte e a independente de gás NOVATEK da Rússia quase que dobraram de valor. Por outro lado, a Sinopec e diversas outras empresas alternativas perderam até mais de 40% do seu valor".

O valor combinado de $3,9 trilhões da PFC Energy 50 continuam 27% a menos que o marco de $5,2 trilhões alcançados três anos atrás com preços não muito diferentes dos de hoje.

Dando continuidade à tendência, as empresas de Exploração e Produção upstream superaram as SuperMajors, com uma média de crescimento de valor de 18%. Os maiores ganhos de valor foram no setor de serviço de campos de petróleo e de empresas de Exploração e Produção da América do Norte. Por outro lado, o valor das seis SuperMajors aumentou apenas 4%. Neste grupo, os ganhos de 32% da ConocoPhillips, 19% da Chevron e 14% da ExxonMobil foram contrabalançados pelas quedas de 25% da BP e de 18% da TOTAL.

Apesar de o valor combinado total de 14 das empresas de mercados emergentes que retornaram, algumas que apresentaram melhor desempenho pertencem a este grupo: Ecopetrol (preço das ações +77%), NOVATEK (+94%) e TNK-BP (+58%). No grupo NOC, Ecopetrol (+77%), CNOOC (+51%) e Petrobras (+15%) registraram ganhos de mercado de capital impressionantes enquanto que a Sinopec, Rosneft, PetroChina e Statoil perderam valor.

Notas para o Editor

A PFC Energy 50 é o ranking final das principais empresas de energia de capital aberto do mundo por capitalização de mercado. A lista inclui empresas de nove setores: Empresas Internacionais de Petróleo, Empresas Nacionais de Petróleo, Exploração e Produção, Exploração e Produção, Refino e Marketing Concentradas na América do Norte, Gás/Utilidades, Serviços de Perfuração e Campo de Petróleo, Equipamento, Engenharia e Construção, e Energia Alternativa. O relatório completo está disponível no www.pfcenergy50.com. O web site também oferece quadros dinâmicos que ilustram as principais tendência e ferramentas interativas para teste dos condutores da capitalização de mercado, o acompanhamento da performance de 2009, bem como a lista PFC Energy 100 das empresas de energia, carvão e nuclear.

A PFC Energy, com sede em Washington, DC, é uma principal empresa de consultoria estratégica de energia global que possui escritórios em Houston, Kuala Lumpur, Paris, Pequim, Bahrain e Lausanne. Os clientes da PFC Energy são todas as principais empresas de petróleo e de gás, muitas empresas nacionais de petróleo, empresas de serviço de campo de petróleo, instituições financeiras, agências governamentais e ministérios envolvidos em políticas de energia e desenvolvimento econômico energético. A PFC Energy abrange análise da concorrência, estratégias do setor energético (exploração e produção, gás natural, refino e marketing), oportunidades comerciais, projeções para o mercado de petróleo de de gás a curto e a longo prazo, e forças geopolíticas que afetam as políticas e a economia energética.

Contact Information