SOURCE: Bombardier Aerospace

Bombardier Aerospace

April 26, 2017 16:42 ET

Transport Canada e EASA concedem certificado de Aproximação Íngreme à aeronave CS100 da Bombardier

- O certificado deu seguimento aos voos de demonstração de aproximação íngreme no Aeroporto da Cidade de Londres em março

- A aeronave CS100 também oferecerá novas oportunidades para operações em aeroportos de difícil acesso em todo o mundo

MONTREAL, QUEBEC--(Marketwired - Apr 26, 2017) - Nota para os editores: Duas fotos estão associadas com este press release.

A Bombardier Commercial Aircraft divulgou hoje que a Transport Canada e a European Aviation Safety Agency (EASA) concederam à aeronave CS100 certificado de aproximação íngreme. A capacidade de operação da aeronave CS100 em aeroportos com difícil acesso como o da Cidade de Londres (LCY) foi validada pelo programa abrangente de testes de voos da Bombardier. A Swiss International Air Lines (SWISS) será a primeira empresa aérea a operar o C Series no aeroporto LCY.

"O processo de certificação de aproximação íngreme da aeronave CS100 ocorreu sem problemas porque a C Series é a única aeronave comercial projetada especificamente para operações em aeroportos de acesso difícil", disse Rob Dewar, Vice-Presidente, C Series Aircraft Program, Bombardier Commercial Aircraft. "A C Series tem capacidade imbatíveis que nenhuma outra aeronave da sua categoria tem - ela oferece novas possibilidades para empresas aéreas que queiram operar em aeroportos de acesso difícil em todo o mundo. A CS100 também tem autonomia dupla, permitindo a abertura de novas rotas de LCY para as empresas aéreas e passageiros".

"A mais recente tecnologia de sistemas aurais e de display de head-up a bordo da aeronave CS100 é usada pela tripulação durante as fases de aproximação e aterrissagem do voo", disse Francois Caza, Vice-Presidente, Desenvolvimento de Produtos e Engenheiro Chefe, Bombardier. "Para obter um certificado para operar no aeroporto de LCY, tivemos que mostrar que a aeronave tinha capacidade de aproximação e aterrissagem com ângulos maiores nas pistas de pouso curtas do aeroporto e ainda estar em conformidade com as exigências locais de ruído baixo. A nossa tripulação fez uma demonstração de sucesso da capacidade geral e de manobras da aeronave CS100. A aeronave agora entra para o grupo de aeronaves turboélice Q400 e os jatos executivos Challenger 650, Global 5000 e Global 6000 que já acessam este aeroporto de acesso difícil regularmente".

"A C Series é um divisor de águas para o único aeroporto de Londres. É uma notícia fantástica que um dos jatos comerciais mais silenciosos e de consumo eficiente da sua categoria tenha recebido esta aprovação. A aeronave da próxima geração da Bombardier trará a possibilidade de abertura de novas rotas para o benefício dos passageiros executivos e de lazer, que terão oportunidades de serviço direto, inclusive para a costa leste dos EUA, Rússia, Oeste da África e Oriente Médio", disse Declan Collier, CEO do Aeroporto da Cidade de Londres. "Após o projeto de expansão de GBP 350 milhões planejado do aeroporto, esperamos que a C Series venha a ser uma visão familiar no Aeroporto da Cidade de Londres e esperamos o voo inaugural da C Series na SWISS ainda em 2017".

O sucesso da validação dos voos no Aeroporto LCY há algumas semanas atrás, após o marco do voo direto de LCY ao JFK, demonstrou a capacidade excepcional da aeronave CS100. Este primeiro voo transatlântico direto de uma aeronave comercial do aeroporto LCY confirma o desempenho superior em campo e uma autonomia de voo inigualável da C Series em uma pista curta

A CS100 é a aeronave comercial mais eficiente e econômica. A CS100 viabilizará que as empresas aéreas ofereçam voos intercontinentais diretos do Aeroporto LCY para a América do Norte e para o Oriente Médio, além da abertura de oportunidades de rotas na Europa, Rússia e África do Norte, que não eram possíveis com as aeronaves das gerações antigas.

Com o mais baixo ruído e emissões de qualquer aeronave comercial da sua categoria, a aeronave C Series é ideal para operações urbanas e aeroportos com restrições ao nível de ruído. A aeronave CS100 tem o índice de ruído muito mais baixo comparado com outros jatos comerciais e oferece um ambiente de melhor qualidade para os residentes de Londres por ser a aeronave comercial mais silenciosa em produção.

A aeronave C Series é fabricada pela C Series Aircraft Limited Partnership, uma afiliada do segmento Bombardier Commercial Aircraft da Bombardier Inc.

Bombardier

A Bombardier é a principal fábrica do mundo de aviões e trens. De olho no futuro bem mais longo, a Bombardier está evoluindo a mobilidade em todo o mundo, atendendo à demanda de transporte mais eficiente, sustentável e aprazível em qualquer lugar. Os nossos veículos, serviços e, além de tudo, os nossos funcionários são a razão pela qual somos uma líder global de transporte.

A sede da Bombardier é em Montreal, Canadá. Nossas ações são comercializadas na Bolsa de Valores de Toronto (BBD) e estamos listados nos índices Dow Jones Sustainability North America. No exercício fiscal encerrado em 31 de dezembro de 2016, apresentamos uma receita de $16,3 bilhões. Para notícias e informação, visite bombardier.com ou siga-nos no Twitter @Bombardier.

Nota para os Editores

Imagens da aeronave no Aeroporto da Cidade de Londres estão postadas neste press release em www.bombardier.com.

Para mais informação sobre a aeronave C Series, visite BCA Media Hub.

Siga @BBD_Aircraft no Twitter para receber as mais recentes notícias e updates da Bombardier Commercial Aircraft.

Para receber nossos press releases, visite a seção RSS Feed do website da Bombardier.

Bombardier, C Series, CS100, Q400, Challenger 650, Global 5000, Global 6000 e The Evolution of Mobility são marcas comerciais da Bombardier Inc. ou de suas subsidiárias.

Nota para os editores: Para visualizar as fotos deste release, acesse os seguintes links:

http://media3.marketwire.com/docs/FTV2LCY_01.jpg

http://media3.marketwire.com/docs/FTV2LCY_02.jpg

Contact Information